BOARDER COLLIE

País de origem: Grã-Bretanha Nome no país de origem: Border Collie Utilização: Pastoreio Sujeito à prova de trabalho para Campeonato Internacional.

APARÊNCIA GERAL: bem proporcionado, de silhueta suave, revelando qualidade, graça e perfeito equilíbrio, combinados com substância suficiente para conferir uma impressão de resistência. Qualquer tendência à rusticidade ou debilidade é indesejável.

CARACTERÍSTICAS: tenacidade, pastor de trabalho pesado, de ótima tratabilidade.

TEMPERAMENTO: esperto, alerta, responsável e inteligente. Jamais nervoso ou agressivo.

TRONCO: de aspecto atlético, costelas bem arqueadas, peito profundo e mais para largo; lombo profundo e musculoso, sem ser esgalgado. O comprimento do tronco é ligeiramente maior que a altura na cernelha

POSTERIORES: largos, musculosos; vista de perfil, a garupa é ligeiramente inclinada para a raiz da cauda. Coxas longas, profundas e musculosas, com joelhos bem angulados e jarretes curtos e robustos. Vistos por trás, os jarretes têm boa ossatura e são paralelos.

PATAS: de formato oval; almofadas plantares espessas, fortes e saudáveis; dedos bem arqueados e compactos. Unhas curtas e fortes.

CAUDA: moderadamente longa, com a última vértebra alcançando, no mínimo, o nível dos jarretes; de inserção baixa, bem guarnecida de pêlos e com uma espiral para cima, na direção da ponta, conferindo um gracioso contorno e equilíbrio ao cão. A
cauda poderá erguer-se em estado de excitação, jamais portada sobre o dorso.

MOVIMENTAÇÃO: livre, suave e incansável, com um mínimo de elevação das patas, conferindo a impressão de habilidade para movimentação com grande propulsão e velocidade.

PELAGEM: duas variedades: 1) moderadamente longa. 2) lisa.
Em ambas, a pelagem é densa e de textura média, subpêlo macio e denso, fornecendo boa proteção contra intempéries. Na variedade de pelagem moderadamente longa, abundância de pêlos forma uma juba, culotes e pincel. Na face, orelhas, anteriores (exceto para franjas), posteriores do jarrete ao solo, o pêlo é curto e liso.

COR: a variedade de cores é permitida. O branco jamais deverá ser predominante.

TAMANHO : altura ideal na cernelha: machos 53 cm; fêmeas, ligeiramente menores.

FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deverá ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade.

NOTAS:
• os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem descidos e acomodados na bolsa escrotal.
• todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento deve ser desqualificado.

 

Voltar